Muitas pessoas ficam com dificuldades na hora de manter seus compromissos financeiros ou quando precisam adquirir um bem ou serviço. Este tipo de coisa pode acontecer com qualquer um. Para isso, há uma saída: o empréstimo para servidores públicos.

É uma linha de crédito oferecida para estes profissionais do segmento público, sejam ativos ou inativos, empregados, aposentados ou pensionistas. Eles podem ainda ser federais, municipais ou estaduais, e estão disponíveis em todo o Brasil. Veja agora um pouco mais sobre esta solução!

O que é o empréstimo para servidores públicos?

Trata-se de um tipo de empréstimo realizado por muitas instituições financeiras em todo o Brasil dedicado ao Servidor Público, ativo, inativo, aposentado ou pensionista. Comprovando a sua condição, pode contratar crédito pessoal com taxa de juros mais barata e prazo diferenciados.

Empréstimo para Servidores Públicos

Para se ter uma ideia, o empréstimo para servidores públicos é aquele em que as parcelas são consignadas (retidas) diretamente do contracheque todo mês. Isso significa que você não precisa quitar por carnê ou boleto, pois as parcelas serão descontadas na sua folha de pagamento.

Para que o servidor público tenha esta opção de empréstimo consignado, é preciso que a instituição para a qual trabalha tenha convênio firmado com os bancos que oferecem este tipo de empréstimo. Precisa ainda comprovar renda e ter os documentos necessários em dia.

Como funciona o Empréstimo para Servidores Públicos?

O servidor interessado em empréstimo para servidores públicos deve entrar em contato com o banco que oferece a melhor oferta de empréstimo. Deve portar os documentos necessários – como CPF, RG, comprovante de renda, etc. Muitas instituições fazem este atendimento prévio on-line.

Aprovado o seu cadastro, o banco lhe empresta determinada quantia, com pagamento em prestações mensais. Isso ocorre durante determinado prazo (duração do contrato), debitadas em sua folha de pagamento. A liberação do valor em geral ocorre em 48 horas.

Juros e taxas

Vale lembrar que o valor do contrato deve considerar o custo Efetivo Total, ou seja, todos os custos operacionais, como taxa de juros, tarifas administrativas, seguros e outros. Antes de adquirir um empréstimo, analise a proposta e veja se vale a pena. Todos os valores devem estar detalhados no contrato.

DESTAQUE: CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO – QUEM PODE CONTRATAR?

Pela regra, o Servidor Público pode utilizar até 35% da sua renda líquida para tomar empréstimos consignados, sendo 5% do valor para gastos com cartão de crédito consignado. As parcelas não podem ultrapassar 30%, que é a margem consignável do Servidor Público.

Esteja atento

Nenhum empréstimo pode ser feito ou debitado da sua conta sem contrato e sem a sua autorização. Leia com muita atenção as condições do empréstimo para servidores públicos. Nem sempre é vantajoso ou as condições são legais. Então, organize as suas finanças pessoais para evitar ou quitar as suas dívidas e utilize o empréstimo para servidores públicos para colocar a sua vida financeira em dia.

VEJA TAMBÉM: EMPRÉSTIMO PARA SERVIDORES PÚBLICOS – COMO FUNCIONA? PASSO A PASSO

Gostou das dicas sobre o que é e como funciona empréstimo para servidores públicos? Deixe um comentário a seguir e compartilhe este artigo em suas redes sociais!