Dicas para financiar o seu imóvel e sair do aluguel

Dicas de como financiar o seu imóvel

O sonho de quase todos os brasileiros é o sonho da casa própria, mas as vezes não é tão simples comprar uma quanto pensamos, então vamos dar dicas para financiar o seu imóvel e sair do aluguel ou até mesmo você que deseja sair da casa dos pais e ter sua casa própria, então continue com a gente neste artigo e veja as dicas de como financiar o seu imóvel. Como já falamos não é nada fácil compra o imóvel próprio, ainda mais se o financiamento for feito pelo banco, são juros em cima de juros somados a uma entrada e mais 30 anos para pagar e mesmo assim o valor fica absurdo, mas vamos lá e veja como financiar o seu imóvel.

Financiamento Banco

De acordo com a caixa econômica para você comprar um imóvel você deve ter no mínimo 30% de seu valor para dar de entrada, nessa entrada você pode utilizar o seu fundo de garantia e mais o seu dinheiro que tiver guardado caso precise completar, mas isso é no caso de um imóvel usado, no imóvel novo em construção é diferente, não existe essa entrada de 30%, pois você paga mensalmente o valor para construtora e as evoluções da obra, após a entrega da chave o financiamento passa a ser com o banco, nesse caso uma boa parte do imóvel já foi pago no momento da construção. O valor das parcelas pode variar de pessoa para pessoa, isso vai depender muito do salário de cada um, se você ganha pouco o valor que você pode financiar é menor e o valor da parcela fica em torno de 1/3 do seu salário, essa forma de financiar é pelo banco.

Carta de Crédito “Consorcio”

Temos também outra forma para você financiar, creio eu que seja a melhor forma que existe no momento. Alguém aqui já ouviu falar do consorcio? Bom se você ainda não ouviu falar nessa forma de poder comprar seu imóvel você tem que saber, hoje dos imóveis vendidos no nosso país de 30 a 35% são imóveis comprados através de consorcio, muitas pessoas acham que é um meio demorado de se comprar, mas eu digo que não, mas porque eu digo que não? Como falamos acima para você financiar um imóvel pelo banco você precisa ter no mínimo 30% do valor do imóvel, no consorcio não fica muito diferente, se você adquirir sua carta de credito em um grupo já em andamento provavelmente você será contemplado dando um lança de 30 a 35% do valor da carta, até então está tudo muito parecido com o financiamento pelo banco, a grande diferença vem agora no consorcio o tempo de financiamento é em torno de 15 anos e não 30 anos como no banco e mesmo sendo em media a metade do tempo do banco, as parcelas são em média 65% do valor da parcela do banco, ou seja é uma diferença absurda, essa diferença fica por conta do juros exorbitantes que existe no banco, enquanto no consorcio você só paga uma taxa administrativa.

Exemplo

Como exemplo vou colocar um financiamento que meus pais fizeram, o valor mensal a se pagar do financiamento pelo banco era de R$1.483,00, após 5 anos pagando essa parcela foi pago para o banco um total de R$88.980,00, mas o abatimento da divida foi de apenas R$15.465,00, o banco alegou que as primeiras parcelas o abatimento do valor corresponde a menos da metade da parcela e que com o passar do tempo esse abatimento vai aumentando, se eles tivessem optado pelo consorcio a parcela que eles pagariam seria algo em torno de R$964,00, após esses mesmos 5 anos eles teriam pago R$57.840,00 e o abatimento real da divida seria R$46.440,00. Será que realmente vale a pena comprar um imóvel através de um financiamento pelo banco? Se você tem o dinheiro da entrada para comprar o imóvel, não perca tempo e nem o seu dinheiro, opte pelo consorcio é a onde você vai perder menos dinheiro, vamos parar de dar dinheiro para o banco, vamos pensar e realizar nossas compras de uma maneira mais consciente, se você está procurando um imóvel e tem esse dinheiro para dar de entrada, procure por um consórcio imediatamente. Quer saber mais sobre consorcio? Clique em quero saber mais Se gostou do artigo ative o sininho para não perder mais nem um, lembre-se que sua riqueza começa a partir do seu conhecimento.    

Veja Também

Como aumentar meus ativos (Guia simplificado)

Como calcular juros composto em Calculadora HP

Qual o juros do consórcio? Consórcio não tem juros?

Quanto custa contratar um seguro do meu carro?

Opções para trabalhar na sua casa

Principal diferença entre DOC e TED