O Brasil e o mundo vivem uma crise econômica que afeta o bolso de qualquer um. Em tempos de instabilidade política e financeira, é comum ocorrer dívidas, mas é importante solucioná-las o quanto antes. Para isso, o cartão de crédito consignado pode ser uma solução para continuar comprando enquanto você usa o seu dinheiro vivo para pagar as suas contas. Ele possui vantagens e desvantagens, como veremos. Saiba agora como solicitar o seu cartão de crédito consignado!

Conheça o cartão de crédito consignado

Assim como um cartão de crédito normal, o cartão de crédito consignado é um cartão físico, com uma bandeira, um limite e data de pagamento. Contudo, ao invés de você pagar via fatura (e não pagando ficar inadimplente), o cartão de crédito consignado tem pagamento realizado diretamente na sua folha de pagamento. Possui juros e taxas menores que a maioria dos cartões comuns, mas não deixa de ser um empréstimo. Logo, é importante usá-lo com parcimônia.

cartão de crédito consignado

Quem tem direito ao cartão de crédito consignado?

Como o cartão de crédito consignado é debitado da sua folha de pagamento, o primeiro critério é estar empregado ou possuir este tipo de renda. Vale dizer que a margem consignável do cartão de crédito é equivalente à 5% do valor líquido que o cliente recebe mensalmente – parcela mínima. O cartão consignado pode utilizar um limite de até 35% do seu salário. Essa renda pode ser o salário de um trabalhador ativo ou o benefício de um Aposentado ou Pensionista. Então, se o seu salário for baixo, o limite será bem baixo também.

Este tipo de empréstimo está disponível para Aposentados e Pensionistas do INSS, Servidores Públicos e Trabalhadores com carteira assinada.

Como solicitar o seu cartão de crédito consignado?

O primeiro passo é conferir quais os bancos e credoras disponibilizam este serviço e escolher a melhor e mais transparente oferta. Se estiver com o perfil dentro de um destes tipos de trabalhadores ou pensionistas, terá chances.

O interessado precisa comprovar fonte de renda fixa e escolher uma instituição financeira que ofereça essa modalidade de crédito. Leve os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de endereço emitido recentemente e um comprovante de renda atualizado.

Vale ressaltar que só é permitida a emissão de um cartão de crédito consignado por CPF. A boa notícia é que até mesmo os trabalhadores e pensionistas negativados podem solicitar um cartão de crédito consignado. Isso porque o histórico devedor ou registro no SPC ou SERASA não são avaliados..

Alguns cuidados

Veja o cartão de crédito consignado como uma solução temporária para ajustar as suas contas pessoais. Assim como outras modalidades de empréstimos, o cartão de crédito consignado possui taxas e juros e compromete o seu pagamento. Faça um planejamento cauteloso e use o cartão de crédito consignado como uma solução em curto prazo.

Gostou das dicas sobre o que é e como funciona o cartão de crédito consignado? Deixe um comentário a seguir e compartilhe este artigo em suas redes sociais!