Meu financiamento está com 3 parcelas atrasadas, o que fazer?

67 Visualizações
4.7 (94.55%) 11 votos

Para começar esse texto, vou falar de um relato que aconteceu comigo mesmo. Há 2 anos atrás eu estava com um Peugeot 207 financiado e faltando apenas 3 parcelas para quitar e estava desempregado. Me peguei em total desespero, não tinha com quem recorrer . O banco não parava de me ligar e o medo de perder o carro começou a bater. Como não tive um bom conselho, fiz a pior coisa que poderia ter feito, financiei um outro carro, a loja pagou as parcelas que faltavam e quitou o carro, o restante do valor deu de entrada em outro financiamento com parcela mais barata.

Por que digo que foi a pior coisa que fiz, é por que era para ter tido calma e feito a coisa certa. Uma grande dúvida que circula é “o que acontece caso um financiamento atrase mais de 3 parcelas? ”. Veja a seguir tudo o que você precisa saber se está com um financiamento com 3 parcelas atrasadas ou mais.

Antes de se comprometer com um financiamento

Quando pensamos em realizar o sonho de comprar o veículo próprio nem paramos para avaliar os riscos de não poder pagar as parcelas em algum momento. As vezes agimos pela emoção e somos enganados por facilidades inexistentes. O grande problema em se comprometer em com um financiamento é não ter dinheiro para finaliza-lo, e atrasar suas parcelas pode ser uma grande roubada.

Os bancos também não costumam facilitar para o consumidor, a partir de um dia de atraso o telefone já não para de tocar, as cobranças chegam a níveis assustadores, ameaças são feitas e ligações para familiares também, apesar de isso tudo ser proibido por lei as financeiras contrataram empresas terceiras para realizar a tarefa, se esquivando parcialmente da culpa.

Risco de apreensão do veículo

A maior ameaça recebida em uma dívida de financiamento é a apreensão do veículo, e as empresas utilizam essa arma para tentar receber o dinheiro o mais rápido possível. Mas muitas vezes elas trabalham de forma ilegal, e se o cliente recorrer pode ganhar o caso.

Tentar uma renegociação

O importante em caso de falta de pagamento é procurar a empresa e demonstrar o interesse em quitar a dívida, mostrar extratos e documentos que comprovem sua situação financeira pode facilitar a renegociação. Uma oportunidade incrível para as pessoas com o carnê em atraso é comparecer nas feiras de negociação, que as empresas costumam fazer uma vez no ano, e lá os juros caem ao chão e a facilidade de pagamento é enorme, os descontos chegam a 70% do valor total da dívida.

Caso esteja no final do financiamento, fique atento

Um carro não pode ser apreendido se estiver com mais de 65% da dívida paga, mas alguns clientes perdem o veículo sem nem saber dessa lei. Outra mentira que as empresas de cobrança contam, é que se o carro for apreendido a dívida acaba, mas isso é pura mentira. Após o carro ser a apreendido ele vai a leilão por um valor bem abaixo do mercado, se o valor recebido pelo banco cobrir a dívida restante ela é quitada, caso contrário será necessário o cliente quitar o restante do valor.

Mesmo que apreendam o carro e a dívida ainda estiver em aberto, eles não podem penhorar outros bens do proprietário.

A ação para apreender o veículo pode ocorrer até mesmo enquanto o cliente está em negociação com banco, então todo cuidado ainda é pouco na hora de parar de pagar o financiamento. Em caso de dúvidas consulte o Código de Defesa do Consumidor, e não seja lesado pelos bancos, mas é importante ressaltar que boa parcela de culpa é do consumidor que assumiu a dívida, então procure seus direitos, mas assuma seus deveres.

Escreva seu Comentário