Como reduzir juros de financiamento de carro ou moto

60 Visualizações
Vote nesse artigo

Vivemos em uma sociedade de consumo, por isso adquirimos dividas para contar com bens que dificilmente teríamos a disciplina para reservar o dinheiro para comprar um bem de valor mais elevado. Pensando justamente na sedução desse consumidor as instituições financeiras sempre oferecem financiamentos vistosos, com parcelas baixas que acabam que não influenciam muito no orçamento, mas com um prazo para pagamento a perder de vista.

Normalmente ao adquirir bens com valores mais elevados, como carros e motos, apostamos por um financiamento, a fim de adquirir o produto tão sonhado pagando de maneira parcelada, para que não pese no orçamento e se encaixe dentro dos nossos rendimentos.

Só que infelizmente, na maioria dos casos, não contamos com algumas dificuldades no caminho, como a demissão, ou até mesmo alguma despesa de maior importância, que acaba nos impossibilitando de pagar todo aquele financiamento e em especial os juros cobrados por ele. Isso se o financiamento já não está atrasado com 3 parcelas ou mais. Mas a grande dúvida que surge em quem passar por esse tipo de questão é: Como faço pra reduzir os juros do financiamento do meu carro ou moto? É bom sempre lembrar que existem muitos mitos, e algumas verdades que envolvem a revisão de juros do financiamento de veículos, veja esse site que explica melhor o que estou falando: https://flavioguardia.jusbrasil.com.br/artigos/393343924/mitos-e-verdades-sobre-acao-revisional-de-financiamento-de-veiculos

Procedimentos para abater o juros do financiamento

Análise contratual

Existem algumas maneiras de realizar o processo, mas a mais comum é uma análise contratual, que consiste em contratar uma empresa para revisar o seu contrato de financiamento a fim de encontrar alguma irregularidade como taxas e serviços de terceiros inclusos pelos lojistas ao valor financiado de forma ilegal.

Algumas empresas de análise contratual possuem estatísticas que afirmam que cerca de 80% dos contratos analisados possuem alguma taxa que é cobrada de maneira indevida pela financeira. Durante o processo geralmente o proprietário pede uma autorização para realizar um depósito judicial da prestação correta, demonstrando que o consumidor não está agindo de má fé e afirmando o seu comprometimento em realizar o pagamento da dívida.

Adiantamento de parcelas do financiamento

Uma outra pratica bem comum para quem quer se livrar dos juros é o adiantamento de parcelas do financiamento, que não só tem uma redução do juros como também diminuem o prazo de financiamento do bem. Como o juros é calculado com base no tempo do financiamento, caso você pague uma parcela que só venceria daqui dois anos, consequentemente os juros serão menores do que o previsto na parcela. É necessário ir a instituição financeira para então solicitar a antecipação da parcela, ou até mesmo de parte do financiamento, a fim de reduzir os juros cobrado pelo mesmo.

A instituição financeira leva em conta diversos aspectos para a antecipação de pagamento, entre eles a taxa de juros atual.

Tendo em vista que o financiamento pode impedir que você adquira outro bem, por conta de ter parte do seu salário já comprometidos com um primeiro financiamento, a quitação do mesmo com a redução do juros é sempre uma boa saída para evitar futuras frustrações.

Entenda as melhores opções para a revisão do seu financiamento

Você deve demonstrar sua capacidade de pagamento para o banco, no caso da revisão do seu financiamento, é preciso entender que antes de atrasar as parcelas do seu financiamento, é preciso entrar em contato com o banco e tentar uma revisão do seu financiamento, não é tão simples a revisão, mas esse é o principal passo para você diminuir as parcelas do seu financiamento. Nesse vídeo explicaremos melhor:

Escreva seu Comentário